Seguidores

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Cosméticos para comer

Mais uma novidade para quem gosta de se cuidar. A nova aposta são os nutricosméticos, uma categoria de alimentos que promete tratar o corpo e oferecer maior qualidade de vida. Em forma de pílulas, iogurtes e até de balas, esses alimentos são enriquecidos com vitaminas e demais substâncias que normalmente fazem parte da composição de cremes, como a coenzima Q10 (conhecida no combate às rugas), e outras que compõem alimentos, a exemplo do ômega-3 e dos polifenóis.

Os fabricantes prometem melhorar a celulite, amenizar rugas, preparar o corpo para o bronzeado, ajudar na firmeza da pele e outras maravilhas que atiçam o público mais vaidoso. Mas será que a ingestão de alimentos ou pílulas com substâncias cosméticas tem o mesmo efeito que a adoção de uma dieta equilibrada?

A dermatologista Sandra Maria Becaria, de São Paulo, afirma que os nutricosméticos até são válidos, podendo encontrar facilidade na hora de serem absorvidos pelo organismo e trazer benefícios. Mas ainda assim não devem ser a principal fonte de nutrientes no cardápio das pessoas. “É preciso aliar o consumo dos nutricosméticos com uma alimentação saudável”, recomenda. Ou seja, não existe fórmula mágica para a saúde. Continua sendo necessário se esforçar para cultivar hábitos mais saudáveis e, se for preciso, mudar o seu estilo de vida.

Além disso, de acordo com Sandra, o melhor a fazer antes de partir para a estratégia dos nutricosméticos é consultar um médico para saber se o seu organismo vai reagir bem ao produto. “Todo cuidado é pouco, ainda mais se a pessoa tem alergia a algum componente da fórmula”, ressalta.

Um comentário:

  1. boa noite,vim agradecer o seu carinho nesse momento de dor,obrigada e que Deus esteja te abençoando sempre....

    ResponderExcluir

Seu comentário me deixa muito feliz, não saia sem comentar.
Bjs
Rô Santana