Seguidores

domingo, 9 de outubro de 2011

Escalda pés, um ótimo aliado



Para buscar conforto, reduzir inchaços, relaxar os músculos ou mesmo aliviar o cansaço dos pés de uma semana intensa em cima do salto alto e na correria no trabalho, o escalda-pés pode ser uma boa solução.

Tradição dos tempos da vovó, a terapia de mergulhar os pés em uma bacia de água quente evoluiu seguindo preceitos da indústria cosmética que, hoje, lança mão de óleos terapêuticos, sais de banho e ervas aromáticas para trazer benefícios variados não apenas aos pés, mas para todo o organismo.
“Cinco gotas de sal grosso e óleo de lavanda em água quente têm efeito analgésico, que revigora dores, tensões e até a insônia”, receita Fernando Amaral, osmólogo (especialista em óleos essenciais) formado no Center GanzHeilichen (CGH) da Suíça, que também indica óleo de eucalipto para tratar problemas respiratórios e óleo de alecrim para melhorar a circulação. “Já para evitar chulé o melhor é a erva cidreira”, diz.
O segredo está na temperatura
Armando Bega, podólogo com 20 anos de carreira e coordenador do primeiro curso de podologia no Brasil, na Universidade Anhembi Morumbi, explica que a primeira reação de conforto causada pelo escalda-pés está associada à vasodilatação, quando a elevação da temperatura expande a cavidade das veias, o que melhora a irrigação e traz sensação de relaxamento. Mas é preciso ter cuidado. “Quem tem neuropatia diabética, uma espécie de lesão dos nervos causada pela glicemia elevada, deve consultar o médico antes de fazer.”
Além disso, o relaxamento do corpo com a terapia parece imediato porque os pés possuem cerca de 70 mil terminações nervosas, pontos que geram estímulos em todo o organismo, além de serem receptores de calor. Para o Dr. Fernando, os pés atuam como purificadores do sangue, porque são as extremidades mais distantes do coração. “Pela própria lei da gravidade, a tendência é que toxinas se acumulem nesses membros, mas a terapia de escalda-pés a 38 ºC promove melhoria de toda a circulação e limpeza orgânica”, garante Fernando.
Terapia profissional
A maioria dos spas oferecem terapias como banhos de imersão e ofurôs para os pés, que nada mais são do que técnicas avançadas de escalda-pés combinadas com reflexologia ou massagem. “Os resultados são muito próximos da prática caseira, mas para quem quer um tratamento diferenciado, com dosagens precisas, orientações ou dicas, recomendo esses tratamentos especializados”, orienta Fernando.
Receitas de escalda-pés para fazer em casa
Confira quatro receitas básicas de escalda-pés relaxantes e revigorantes que você pode fazer em casa de acordo com seu objetivo.
Para melhorar a circulação
Uma boa pedida pode ser o escalda-pés de hortelã com pimenta. Junte 15 gostas do produto numa bacia com 2 litros de água quente. Mas atenção: por ser estimulante, não é aconselhável se vale desse escalda-pés antes de dormir.
Para descansar os pés
Essa receita é ideal para aliviar o cansaço. Em uma bacia com água quente, acrescente duas gotas de óleo essencial de hortelã, três gotas de alecrim, três gotas de lavanda e uma colher (de sopa) de sal grosso. Deixe os pés descansarem por 15 minutos.  
Para aliviar a tensão do corpo
Ao final do dia essa pode ser a receita ideal para aliviar a tensão. Em uma bacia com água quente, adicione um pouco de sal e umas gotas de essência ou óleo essencial de sua preferência, adicione pétalas de rosas ou ervas aromáticas como a erva cidreira e deixe seus pés em descanso por 15 minutos.
Contra dores e insônia
Receita infalível para combater dores, tensões e até a insônia. Em uma bacia com água quente, adicione cinco gotas de sal grosso com óleo de lavanda e deixe os pés descansarem por 15 minutos. Esse escalda-pés tem efeito analgésico e revigorante. 

Um comentário:

  1. Amiga amei o post!!! To precisando aliviar a tensão!!!Beijos

    ResponderExcluir

Seu comentário me deixa muito feliz, não saia sem comentar.
Bjs
Rô Santana