Seguidores

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Consumir frutas da estação é mais nutritivo e econômico

 Se consumidas na sua estação própria, a tendência é que as frutas sejam mais baratas e gostosas. É na estação de cada espécie que elas alcançam o seu ápice em termos de aroma, sabor, vitaminas e minerais. Quer dizer, a colheita na época apropriada as torna também mais nutritivas. Uma das razões da presença de fertilizantes e defensivos químicos em excesso em certas frutas é justamente a colheita fora do tempo, que exige mais aditivos para acelerar seu crescimento. Com isso, vão-se certos nutrientes que não se perdem quando a fruta amadurece de maneira natural. “Com a colheita na época certa, a quantidade de agrotóxicos usada é muito menor, o que deixa o consumo das frutas mais saudável e seguro”, diz a nutricionista Veridiana Cintra, de São Paulo.

O transporte é outro quesito que influi na qualidade das frutas. Se não é tempo delas na região do consumidor, têm de viajar longas distâncias para chegar até eles. Isso não só aumenta seu custo final como pode afetar o sabor, uma vez que para tanto as frutas precisam ser colhidas com mais antecedência e nem sempre atingem seu ponto ideal.

Ou seja, quem precisa de mais argumentos para se convencer de que a melhor fruta para colocar no carrinho, no supermercado ou na feira, é aquela da estação? Por isso listamos as frutas que você deve olhar com mais atenção nos meses de inverno, de junho a setembro, e explicamos quais são seus maiores benefícios para nossa saúde. E são muitos – confira abaixo:



Morango:
de acordo com Veridiana, as bactérias do bem, como as presentes nos iogurtes, alimentam-se das fibras do morango e se multiplicam no intestino humano. Com o órgão rico nesse tipo de bactéria, o corpo elimina mais facilmente as substâncias ruins. “Assim, o morango tem a dupla função de ajudar na maior absorção de nutrientes e na perda de peso”, explica. Uma dica para aumentar esse benefício é bater no liquidificar o morango com iogurte.   



Tangerina:
rica em vitamina C, que atua como antioxidante e auxilia na absorção de colágeno, sendo um elemento importante para a manutenção da saúde da pele. Consumindo o bagaço, você tem acesso também ao benefício das fibras, que no suco acabam dispensadas.



Melão:
embora o mais famoso calmante natural seja o maracujá, segundo Veridiana o melão também tem esse dom. Além disso, sua ação diurética previne doenças renais e ajuda no emagrecimento. E tem mais: a pectina, um tipo de fibra que ajuda no controle do colesterol e permite um melhor funcionamento do intestino, também está presente no melão. “É importante consumi-lo logo depois de cortado e descascado. Se passar muito tempo, as propriedades se perdem”, diz a nutricionista. Uma dica é usar também na salada, já que a fruta combina muito bem com hortaliças e legumes.  



Melancia:
tem 40% mais licopeno que o tomate, uma substância que previne doenças como câncer de próstata e de mama, reduz o risco de infarto e retarda o envelhecimento, aponta Veridiana. O suco de melancia ajuda a limpar também o estômago e o intestino e é considerado ótimo antiinflamário das vias urinárias. Por causa de um nutriente chamado citrulina, que ajuda na dilatação dos vasos sanguíneos e no aumento do fluxo de sangue, combate também problemas de circulação e, em alguns casos, melhora o desempenho sexual.  


3 comentários:

  1. Amiga isso é verdade, eu como todas as frutas e aproveito as que estão na estação, amei a matéria...beijocas minha e do João

    ResponderExcluir
  2. E fala a verdade, são deliciosas amiga. Eu como e com muito prazer.
    Bjs e ótimo final de semana
    www.viviass.blogspot.com
    www.meublogdereceitasfavoritas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Rô!

    Ótimas dicas para economizar, pois as frutas da época são mais baratas. Além de nutrir nosso corpo com as mais variadas vitaminas.

    Beijos!

    ResponderExcluir

Seu comentário me deixa muito feliz, não saia sem comentar.
Bjs
Rô Santana