Seguidores

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Tratamentos para fazer em casa

Pele desidratada, aparência envelhecida precocemente, gorduras localizadas e celulite. Para qualquer que seja o problema, as clínicas estéticas e consultórios dermatológicos oferecem uma infinidade de opções de tratamentos que prometem melhorá-lo. Mas para que os resultados sejam ainda melhores não se deve abrir mão dos cuidados caseiros. Isso porque eles são imprescindíveis – e muitas vezes mais importantes que procedimentos profissionais caros – para uma pele linda.

Pode-se dizer que o principal tratamento para ser realizado em casa é mesmo a hidratação. Segundo a dermatologista Cláudia Chaim, da Clínica Stesis, o segredo de sua eficácia está na periodicidade.

“A hidratação realizada em casa tem como uma de suas armas a periodicidade. Mais importante do que um creme caríssimo, é aplicar o produto duas vezes ao dia para estimular a circulação e hidratação cutânea. Claro que é importante um produto de qualidade, e quem sabe até mesmo investir um pouco de dinheiro para comprá-lo, mas tenha sempre o hábito de usá-lo com frequência”, diz.

Alie hidratação e massagem
Para que seus efeitos sejam ainda melhores, a dermatologista recomenda passar o hidratante após um banho morno. “É quando os poros ainda estão abertos e facilitam a absorção do creme. Movimentos circulares ativam a circulação e ajudam a potencializar seus efeitos. O segredo á espalhar o cosmético na direção que facilita a drenagem linfática, o que ajuda a diminuir possíveis retenções de líquido”, ensina.

A direção que facilita a drenagem nas pernas é de baixo para cima. “Comece nos pés e vá em direção aos joelhos, e somente depois na virilha, fazendo uma pequena pressão”, explica a doutora Cláudia. “Nos braços, direcione para as axilas, sem se esquecer da parte posterior, como os cotovelos”, completa.

Quando for aplicar cremes redutores de medidas, a dica é realizar movimentos circulares. “Na barriga, os movimentos circulares em sentido horário são fundamentais. Isso estimula o bom funcionamento do intestino, ajuda na prevenção de gases e, se realizado, com frequência, diminui o inchaço abdominal. Capriche na pressão na região do bumbum, com o mesmo movimento circular”, comenta a dermatologista.

Esfoliação
A esfoliação deve ser feita no máximo duas vezes por semana, pois este é o tempo necessário para eliminar as células mortas, sem retirar o viço natural da pele. A aplicação é durante o banho (morno), depois do sabonete, e não recomendo o uso do mesmo produto para o rosto e corpo.

“O esfoliante corporal é mais agressivo, enquanto o facial remove com maior suavidade”, justifica a doutora Cláudia. “Depois do processo, passe a toalha espaçadamente para potencializar, pois o próprio tecido da toalha faz uma micro-esfoliação. Em seguida, passe o hidratante e o redutor de medidas”.

Todos esses cuidados, porém, não adiantam se você não se proteger do sol. Portanto, não se esqueça de aplicar o filtro solar. “É de suma importância usar constantemente o bloqueador solar com a pele limpa e seca, lembrando que se deve passá-lo a cada 40 minutos (no caso de não resistente à água), e de duas em duas horas para os a prova d’água. Fique atenta à proteção de alto espectro, pois o produto deve proteger contra raios UVA e UVB. E lembre-se: somente produtos com fatores de proteção solar acima de 15 reduzem o risco de envelhecimento da pele”, finaliza.


Um comentário:

  1. Dicas fáceis e excelentes amiga. O importante é se cuidar!
    um ótimo final de semana
    bjs
    Vivi
    www.viviass.blogspot.com
    www.meublogdereceitasfavoritas.blogspot.com

    ResponderExcluir

Seu comentário me deixa muito feliz, não saia sem comentar.
Bjs
Rô Santana