Seguidores

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Dicas para a depilação durar mais

Veja nove cuidados essenciais antes e depois do procedimento:


A depilação definitiva ainda não passa de um sonho de boa parte das mulheres. Mas a boa notícia é que existem, sim, maneiras de ficar livre dos pelos por mais tempo. O segredo está em respeitar o tempo de descanso entre uma depilação e outra e também nos cuidados com a pele antes e depois do procedimento, segundo as especialistas.

“A depilação também elimina células mortas e impurezas, mas, para o efeito durar mais, alguns cuidados são indispensáveis”, diz a esteticista Rita de Cássia Novaes. Confira os nove principais cuidados.

Tempo de espera
A depiladora Alana Maldonado, de Brasília, diz que é essencial esperar o tempo certo para fazer a próxima depilação. “Para se livrar dos pelos por mais tempo é importante respeitar o intervalo de três semanas entre as depilações”, fala. A explicação está no fato do ciclo de crescimento capilar ser de aproximadamente 21 dias. Se o pelo for arrancado ainda muito curto, ele pode se quebrar em vez de sair pela raiz. “Quando isso acontece, cada pelo cresce em um período diferente, dificultando a remoção”, explica.

Esfoliação
Segundo a dermatologista Flávia Martelli, da Sociedade Brasileira de Dermatologia, a esfoliação é um dos principais cuidados para garantir que o procedimento dure mais. O ideal é fazer a esfoliação três dias antes e três dias depois de arrancar os pelos. “A esfoliação previne a foliculite, ajudando a manter seu ciclo normal”, diz.

Dê um tempo nos tratamentos estéticos
Se você faz tratamentos com ácido glicólico ou retinóico, suspenda-os uma semana antes da depilação. “Eles deixam a pele muito fina e sensível”, justifica a esteticista Rita. As consequências dessa sensibilidade excessiva podem ser traumas na pele e a quebra dos pelos.

Limpeza da pele
Antes de aplicar a cera, a pele tem que estar completamente livre de resíduos de hidratantes, óleos e, claro, sujeira. “Se a pele não estiver bem limpa, a depilação pode falhar, dificultando a retirada dos pelos”, comenta Alana.

Temperatura certa
A mulher que é adepta da cera quente deve tomar cuidado com a sua temperatura para evitar que ela queime a pele. “Também prefira ceras com ativos calmantes, descongestionantes ou bactericidas”, continua a dermatologista Flávia, que complementa: “para a cera aderir bem, os fios devem ter pelo menos 3 mm de comprimento”.

Hidratação e massagem
A esteticista Rita ensina que, além da esfoliação, a mulher que quiser evitar que os pelos encravem deve hidratar e massagear a região depilada com bucha vegetal e sabonete neutro por três dias seguidos. “Esse movimento ajuda os fios a crescerem no lugar certo. Espere de 12 a 15 dias após a depilação e faça a massagem toda semana, durante o banho, como um ritual de beleza”, completa.

Mantenha distância
Rita recomenda evitar tocar o local depilado por algumas horas após o procedimento. No caso das axilas, o desodorante não deve ser usado por pelo menos 12 horas para que não haja reações alérgicas.

Rotina no banho
A depiladora Alana também diz que, ao cuidar da pele, a mulher fica livre de pelos por mais tempo. Uma boa maneira é aproveitar o banho para aplicar óleo vegetal no local depilado. Os indicados são amêndoas, coco e uva. “Depois do banho, passe uma loção ou creme hidratante na pele ainda úmida”, complementa.

Resista à tentação
Mesmo com todos os cuidados, ainda há a possibilidade de surgirem pelos encravados. Caso isso aconteça, resista à tentação de espremê-los, pois eles podem infeccionar. Rita dá uma receita para desencravá-los: misture óleo de amêndoas com sal marinho e aplique no local fazendo movimentos circulares e suaves. Este truque caseiro deve ser feito uma vez por semana e o intervalo mínimo entre a depilação e a esfoliação é de dois dias.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário me deixa muito feliz, não saia sem comentar.
Bjs
Rô Santana