Seguidores

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Nove dicas para ter uma alimentação mais saudável

Hoje em dia todos querem ter uma alimentação saudável. Mas nem sempre é fácil saber quais sãos os primeiros passos para mudar os hábitos alimentares, que vão muito além da escolha dos alimentos. Tanto o que você coloca no carrinho de supermercado quanto a maneira e lugar que você faz suas refeições influenciam na dieta. Veja algumas dicas que irão ajudar a colocar mais hábitos saudáveis na sua rotina.

1) Coma comida fresca sempre que possível. Tente fazer pelo menos 10 escolhas diferentes por dia (de cores e sabores). Dessa maneira você estará experimentando uma boa variedade de nutrientes. Por exemplo: Leite + fruta
+ castanhas e aveia pela manhã Salada + arroz integral + feijão + peito de frango + vagem refogada no almoço Iogurte + fruta no lanche da tarde Peixe + batata + brócolis no jantar Só aí já passamos de 10 variedades saudáveis num único dia! 
Experimente escrever um diário de cinco dias com tudo o que comer e beber, inclusive as quantidades ingeridas
2) Mastigue bem sua comida. A mastigação é o primeiro estágio da digestão. O alimento que não é bem mastigado demorará mais tempo para ser digerido. Muitos sintomas da má digestão podem ser aliviados se a comida for bem mastigada antes de engolida.

3) Beba de 1 litro a 1,5 litro de água por dia. Pode ser na forma de suco natural, frutas ricas em água (como a melancia), chás de ervas ou frutas ou até água com uma rodela de limão para dar um gosto. Não exagere no café e chá preto, que são diuréticos e podem aumentar a excreção de sais minerais vitais. Bebidas alcoólicas também não fazem parte dessa lista.

4) Faça o seu diário alimentar. Experimente escrever um diário de cinco dias com tudo o que comer e beber, inclusive as quantidades ingeridas. Conte a variedade de alimentos que você come em um dia e veja se há alimentos que se tornaram habituais, ou seja, que sempre se repetem. Tente variar alimentos que se tornem muito habituais. 
5) Evite comidas fritas ou queimadas, gordura vegetal hidrogenada e gordura animal em excesso. Comidas queimadas contém radicais livres que podem "machucar" células do nosso corpo. Para minimizar esses efeitos dos radicais livres tente ingerir antioxidantes achados no vinho tinto, vegetais e frutas.

6) Limite o consumo de açúcar
refinado, comida processada com aditivos químicos e diminua a ingestão de álcool, café e chá preto.

7) Coma nozes, castanhas e sementes diariamente para assegurar a ingestão de ácidos graxos essenciais. Experimente castanha do Pará, amêndoas, semente de abóbora, gergelim e girassol. Coma peixes gordurosos (salmão, sardinha, arenque) pelo menos três vezes na semana e experimente óleos prensados a frio na salada.

8) Tenha certeza de estar ingerindo fibras (25 a 35g ao dia) no seu dia a dia e água suficiente para que seu movimento intestinal esteja ativo. Encontramos as fibras em frutas, vegetais, alimentos integrais, leguminosas (feijão, ervilha, lentilha, grão de bico). 
9) Pratique exercícios regularmente. 50% dos benefícios vêm de do exercício e 50% de mudanças positivas na sua dieta. Não subestime esse fato. Exercícios fazem bem para as juntas, melhora a condição cardiovascular e melhora a taxa de queima de gordura.
 
 
 
fonte: site minha vida
 

2 comentários:

  1. Fazendo serão hein amiga, kkk
    Eu tento fazer tudo direitinho, evito açúcar pq tem anos que me acostumei com adoçante e evito comer "coisas erradas" na semana.
    Aí no final de semana faço umas artes de vez em qdo, abro exceções por 1 lanchinho do MC kkkk
    saudades, bjs

    ResponderExcluir
  2. Oie Rô,ótimas dicas!!!
    Eu tô cortando bastante coisa da minha dieta e tá me fazendo um bem enorme!!!

    Bjos e sinta-se à vontade na minha casa:

    http://nacasadapimenta.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Seu comentário me deixa muito feliz, não saia sem comentar.
Bjs
Rô Santana